11.

Psicoembriologia

Psicoembriologia – Terapia do Feto

 

PSICOEMBRIOLOGIA
GESTAÇÃO DIRIGIDA
(TERAPIA FETAL)

 

As emoções da mãe marcam profundamente 

o psiquismo do bebê.

 Isso é muito importante!

 O bebê já se comunica com a mãe antes de nascer.

Pesquisas recentes revelam que a comunicação entre a mãe e o bebê no útero, pode ser estabelecida e direcionada desde o início da gestação.

 

Isto confirma o que pesquisadores russos já haviam constatado

por meio da resposta reflexo-condicionada em bebês no útero materno.

 

A pesquisadora francesa Marie Claire Busnel, do Departamento de Neurogenética e Comportamento da Universidade de Paris, após 15 anos de pesquisa, chegou à conclusão que os bebês já podem identificar a voz da mãe à partir do quinto mês de gestação.

Ela constatou ainda que:
“o conversar com o bebê durante a gestação produz um estado de calma e segurança.”

Pesquisas recentes demonstraram que os bebês recém nascidos, respondem à música “ouvida” durante a gestação.

Toda violência cometida contra o bebê no útero fica gravada no subconsciente dele, e traz consequências posteriores gravíssimas, como encontramos com frequência nas “histórias passadas” de alguns adultos tratados com hipnose regressiva.

Toda gestante deveria evitar as emoções negativas durante a gestação.

Toda gestante deveria evitar os pensamentos, palavras e conversas negativas durante a gestação.

A partir da concepção o bebê já tem alma, mente e corpo no óvulo da mãe, e registrando e absorvendo tudo, seja situações, convívios da família, eventuais rejeições, brigas e discussões, e muito mais.

Lembre-se que a vinda deste ser de luz está se dando a partir de uma combinação com os pais, por amor e resgates de existências anteriores.  


As emoções da mãe marcam profundamente o psiquismo do bebê.


A criança amada durante a gestação será sempre uma pessoa amorosa.


O amor começa antes da fecundação!