14.

Mentoria para Terapeutas

Mentoria para profissionais da saúde mental

(Terapeutas, psicólogos, psicanalistas, psiquiatras, coaches e outros)

 

A mentoria profissional foca principalmente no desenvolvimento de habilidades de vida, como atitudes (habilidades relacionais e emocionais) e comportamentos e principalmente na sua atividade profissional e vida pessoal.

 Do ponto de vista do desenvolvimento pessoal e profissional, o mentor pode então servir de modelo para o mentee.

A mentoria também possibilita 

o desenvolvimento de conhecimento e know-how.

Além disso, a partir de uma perspectiva de transferência de conhecimento, conhecimento tácito, ou seja, conhecimento que não é formalizado, mas que alguns mentee possuem, muitas vezes é objeto de mentoria. 

 O conhecimento tácito é o que ainda não foi explicado, mas pode se tornar assim através de uma atividade de explicitação adequada. 

Exemplos incluem conhecimentos tácitos, incluindo conhecimentos processuais e estratégicos, relacionados à cultura organizacional.

A mentoria pretende ser uma estratégia bem adaptada a esse conhecimento, pois permite a discussão na relação de mentoria. 

Isso facilita muito a troca de conhecimento através, entre outras coisas, de perguntas e respostas, explicações sobre a vida, a carreira ou o compartilhamento de experiência ou opiniões.

 Mentoria é uma estratégia popular de desenvolvimento sucessório na nossa atividade com o objetivo de permitir nosso desenvolvimento e por conseguinte a dos nossos clientes ou pacientes.